Universos para quê?


Senhor!
Estou um passo a frente do último portão que abri
Vendo-me afastar mais um caminho que me agarrou.
Penso que avanço a cada tranca que desvendo
Trazendo novos cumes de montes que não via.
E ainda repenso portões que já não existem
Como se ter-me-ia sido certo abri-los.
Assim, mais sinto que penso, nesse passear
Entre o sol da obviedade e a nuvem do espanto.
Era mesmo preciso que as pernas me trouxessem aqui?
Ou bastaria ter lacrado o primeiro portão?

Published with Blogger-droid v1.6.7

2 comentários em “Universos para quê?”

  1. me sinto envergonhada de comentar algo que esteja a altura do que vc escreve….o posso tentar mensurar é que vc é GENIALLLLLLLLLLLLLLL

  2. Gosto de escrever por inspiração, e assim algumas vezes encontro textos legais. Esses blogs que mantenho são para dar a cara a tapa mesmo. E eles realmente são engrenagens quando provocam reações, mesmo que eu não colha respostas diretas. Você se deu ao trabalho de mostrar tua impressão, isso é um presente para quem escreve publicamente. Valeu!

Os comentários estão desativados.