Origens:

Oficina = espaço de transformações (definição é inspirada no blog Oficina Crítica)
Ofício = arte de transformar

Espaço: Local com limites determinados, visíveis ou imagináveis.
Transformação: Ação que causa mudança de forma; energia absorvida por alguma coisa a ponto de transformá-la em outra.
Arte: Manifestação física do consciente, subconsciente ou inconsciente de maneira perceptiva para o consciente, subconsciente ou inconsciente de outros.

Conceituo basicamente assim os dois termos.

Portanto:

Oficina e Ofício é um espaço onde o homem transforma coisas utilizando sua arte.

O homem sou eu. A minha arte é o artesanato.

Artesanato = labor manual, não padronizado, não serial, não automático onde se pode identificar a influência do sujeito que manufaturou o objeto ou produziu a coisa.

Objetivo:

Deixar a produção de porcarias, reproduções, massificações, aberrações de consumo, a desonestidade nos produtos, a falta de personalidade e a covardia na hora de reconhecer erros ou utilizar químicos, exclusivamente para as grandes indústrias.
ou seja
Produzir uma cerveja honesta. Desenvolver artesanato que possa ser replicados com bom nível de qualidade, individualmente e no ambiente doméstico.

(Essa empresa é uma ideia viva, reflexiva, mutável. Que seja sempre.)