Maquiavélica – Ale Clara Excêntrica

Quando você experimentar uma cerveja artesanal, tenha em mente que mesmo sendo uma repetição de estilo, produtor, lote, a experiência será diferente. As cervejas artesanais de fato alteram suas propriedades dentro das garrafas, evoluindo ou involuindo aromas, sabores, dulçores, amargores… Encontramos defeitos entre um e outro lote, melhoras do tempo e amadurecimento, encontramos características novas também. Um produto assim, tão diverso, é naturalmente mais complexo. Beber se torna uma experiência e não apenas um ato. O bom disso é que você não precisa se especializar nas palavras para descrever o que experimentou, basta aproveitar e dialogar consigo mesmo. Muitas vezes nos conhecemos quando ficamos com nossas percepções.

Intenta
Segue teu curso liberto
Em sinuoso mar feito rio
Volta ao cais que te recebe
Num berço que era frio

Teus veres no ir liberto
Em sonhos de mar feito rio
Completa o pensar que recebe
O sonhador que era frio
Por fim e diariamente
Levanta, deita, acorda e sonha
Como quem experimenta todo dia
O primeiro dia
Uma cerveja artesanal é um excelente investimento para as sensações, percepções sensoriais, no que se refere a bebidas alcoólicas, é claro. Afinal, poesia também inebria quando o espírito está a aberto para seu consumo. Os excessos geram embriaguez e loucura, por isso a moderação que amplia a viagem. Os pudores suavemente se recolhem com o álcool e com os sonhos livres. Saúde!