Foi minha primeira impressão após o primeiro minuto depois do gole. Se fosse pela manhã e minhas mãos tremessem por falta de álcool, a Tremens resolveria o problema com a vantagem de não sentir o gosto forte do álcool, nem o calorão do café, nem o amargor do boldo… Depois de meia dúzia de goles, bom, aí o sorriso apareceu, comecei a ficar mais bonito e articulado, dinheiro já não me faltava tanto… enfim, com duas ou três dessas qualquer um pode até sonhar que é artista.
Os aromas dela são muito gostosos. Quando a namorada abriu a garrafa, deixou sobre a mesa por alguns instantes. Suficiente para sentirmos o aroma se espalhando pela cozinha. E olha que no fogão havia arroz e bisteca de porco sendo preparados. Ela combina mesmo muito bem lúpulo e malte. Ninguém destoa. O almoço ficou perfeito.
É fácil de beber, tem cor clara bonita, viva, espuma de bolhas meio grossas mas deixa uma lâmina bastante persistente na superfície.
Foi presente da namorada, que se me descuido bebe a garrafa toda e olha que ela nem gosta de cerveja. Bebo novamente, tá amor…

Saúde!