Afora isso, com tecnologia e equipamentos semi-automáticos produzindo em grande escala, ou seja, brassagens de mais do que 250 ou 300 litros, temos microcervejarias excelentes produzindo cervejas excelentes. Mas isso não significa ser artesanal.

O artesanal é o produto que não tem repetitibilidade tão forte que uma produção seja facilmente confundida com todas as outras. É o produto gerado a partir de processos não automáticos. Artesanal é o produto onde o trabalho do artesão é reconhecido com facilidade, seja por características especiais em algumas produções, seja por pequenos ‘defeitos’ em outras.

Se doam os que produzem grandes quantidades, não estou criticando o quanto se trabalha, nem discutindo qualidade. Mas fato não se nega, artesanal é como esse homem faz, estando já numa ponta bastante avançada de processos. Reparem na forma de aquecer tudo, é um fogareiro, só que grande, e não um controlador automático…