Como calcular a eficiência da brassagem de uma cerveja artesanal

Os cervejeiros caseiros querem ter cerveja, boa e o bastante, daí que alguns detalhes são geralmente preciosismo para muitos. Mas alguns começam a estudar, mudar, criar e querem, além da cerveja boa, saber mais ou menos o que esperar da cerveja antes de ela ficar pronta. Uma das dúvidas é sobre quantos litros teremos lá no final. Uma boa forma de se saber isso é saber qual a eficiência do nosso sistema, da nossa técnica. Daí é que temos vários instrumentos para calcular a eficiência, um deles é ‘na caneta’. Uma excelente explicação para calcular isso li num fórum, vinda de um cervejeiro chamado Afonso Dolabella, aqui vai:

“Litros produzidos vezes 0.96 vezes densidade vezes plato dividido pela quantidade de malte/adjuntos utilizados.

Exemplo: você produziu 20L utilizando 3kg de insumos com densidade de 1.048. O extrato em plato correspondente é 12•P (geralmente densidade dividido por 4, mas vale consultar uma tabela). Então EFICIÊNCIA = 20L x 0.96 (coeficiente de resfriamento-valor fixo) x 1.048d x 12•P dividido por 3kg. Sua eficiência é igual a aproximadamente 80,48%. E como é uma fórmula matemática, você pode substituir qualquer variável para chegar ao resultado desejado, como por exemplo para saber qual a quantidade de apronte que deve-se obter para ter 67% de eficiência.”

(mais…)